<BODY>


Dudu


Meu nome é Eduardo. Eu nasci no dia 23 de maio de 2006, numa terça-feira, no Hospital Renascer às 09h07min. O médico que me trouxe ao mundo foi Dr. Loaiy Ibrahim. Meu parto foi Cesariano e quando eu nasci pesava 3420 kg e minha altura era 51 cm. Sou um bebê muito amado, talvez por isso seja tão esperto, confiante, carinhoso, sorridente, simpático, inteligente...


Mamãe


Meu nome é Débora tenho 30 anos. Criei esse blog para compartilhar a maravilhosa experiência que é ser mãe dessa criança linda. Nesse cantinho procurarei eternizar os vários momentos da vida desse prí­ncipe que veio ao mundo para encher nossos dias de amor e alegria...

Estou muito feliz, pois o Eduardo é a mais perfeita tradução do amor e afeto que sinto pelo meu grande amor - meu marido. "Obrigada Deus pelo presente precioso que recebemos aos sermos pais."

Espero ao ver meu filho crescer, poder enxergar nele os valores morais e éticos que com muito amor e dedicação tento a cada dia transmitir. Ver que criei um ser bom na sua essência e que, mais tarde, ele estará pronto para melhorar o mundo, mesmo que da maneira dele.


Papai

O meu nome é Wagner Washington, eu tenho 31 anos de idade e sou o papai do Eduardo.

É difí­cil falar das pessoas que amamos incondicionalmente, e com o meu Dudu é assim... por mais que eu queira, não consigo disfarçar a imensurável alegria, que sinto ao estar ao lado dele, chego ao ponto de me tornar um completo bobo ao brincar; ao chorar quando ele chora; ao rir com as suas travessuras... situações essas que, pra muitos não é nada, mas que para quem é pai, é uma sensação inexplicável.

O meu filho foi uma realização em minha vida, um verdadeiro sonho, que se tornou realidade por consequência de uma dose enorme de muito amor. Agradeço a Deus por ter me dado esse maravilhoso presente - EU TE AMO MEU FILHO QUERIDO.

E é claro que não posso esquecer da minha alma gêmea, que me presenteou com um filho lindo.

EU TE AMO DÉBORA!!!!!!!!!

MINHA AMADA ESPOSA..... PARA TODO SEMPRE.


Uma Família Feliz!

Um bebê nasce com a necessidade de ser muito amado e querido. E nunca perde esta necessidade. E é para demonstrar todo esse amor pelo nosso bebê Eduardo que compartilhamos com todos vocês esse cantinho, aonde relatamos fatos da vida do Dudu, trocamos experiências e fazermos nossas declarações de amor, como pais apaixonados que somos. Obrigada por nos visitar e por nos dar a oportunidade de colocar o nosso bem mais precioso, entre os muitos que farão com que ele se sinta amado e querido, a cada dia de sua vida.

Gravidez


1º Aniversário


2º Aniversário


3º Aniversário


Meus Amigos

* Bina e Brenda
* Dryka Design
* Tia Celia
* Tia Ilka
* Ilka e filhos
* Tia Edimar Suely
* Tia EureKa - Clube de Mulher
* Danny e Nathalia
* Paula, Pedro e Maria Clara
* Ana Laura, Davi e Bruno
* Sofia, Pedro e Joana
* Sama e Meninas
* Gi, Thomas e Eric
* Luciana, Guilherme e Gustavo
* Alê e July
* Vanessa, Davi e Pedro
* Ro e Nicolly
* Isabel, João Pedro e Marcus Vinícius
* Mary e Camila
* Pollyanna, James e Luke
* Uiara e Sueli
* Joelma e Giovanni
* Tais e Anna
* Mamãe e Gabriel
* Carina, Kevin, Erick e Arthur
* Aline e Ana Júlia
* Thais e Thales Miguel
* Tia Andréia - Déa Cute
* Tia Edimar Suely
* Elisângela e Lucas
* Kelen e Kauã
* Alessandra, Otávio e Helena


Tempo



Visitinhas

Meu Bichinho
Olá amiguinhos!!! Eu sou o Teo, o peixinho de estimação do Dudu. Que tal vocês ajudarem o Eduardo a me alimentar??? É muito fácil: pegue com o mouse minha comidinha que est¡ a esquerda do meu aquário. Agora é só clicar no mouse e ... PRONTO... vou ficar de barriga cheia!
Adote um bichinho!

Enquete

Com qual idade devemos iniciar a educação dos filhos?
Ainda na barriga da mãe
Assim que nascer
Com cerca de 1 ano de idade
Após completar 6 anos
Devemos deixá-los livres para suas escolhas pessoais


Votar

Resultado Parcial...



Link-nos

Pegue nosso selinho








Pegue nosso award





Blog Antigo
Antigo Blog do Dudu

Selos, awards e etc


Passado

* Julho 2009
* Agosto 2009
* Setembro 2009
* Outubro 2009
* Novembro 2009
* Dezembro 2009


Música


Baby Mine - Allison Krauss


Créditos

..:: Dryka Alves ::..

Todos os direitos
reservados ©
__________

Blog Dryka Design
This page is powered by Blogger.

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com


Disney and Pixar Filmes
CBox

Lilypie Kids Birthday tickers




quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Nossa vida é uma festa!!!





Inegavelmente essas últimas semanas do mês de Setembro, foram as semanas das festas, reencontros e celebrações, tanto para o papai e a mamãe como para o Dudu. Depois que o Dudu chegou, nossa vida virou uma festa literalmente, viramos piolho de festinhas infantis, confesso que já até pensei em deixar um estoque de presentes aqui em casa para estas ocasiões hihihihihi. Nós adoramos, principalmente por causa do Dudu, pois ele fica radiante de alegria e sempre se diverte muito.
Nesse final de mês, além das festinhas de aniversários de coleguinhas da escola, fomos à festa do Lucca, que é filho de uns amigos, também fomos à festa da prima Sofia, que na verdade o pai dela é que é primo do meu marido. Sem contar as comemorações de aniversário da Mirian e da Ilka, ambas amigas de trabalho, que fazem aniversário em setembro. Nas duas últimas o Dudu não foi, ficou com a vovó Cléia. Mesmo não gostando de deixar meu filhote, foi muito bom para que eu e meu marido pudéssemos relembrar os velhos tempos.
A festa do Lucca estava muito aminada, a princípio pensei que o Eduardo pudesse se sentir um pouco deslocado, pois o aniversariante estava fazendo 10 anos e a maioria dos seus convidados tinham a mesma faixa etária. Mas que nada, Eduardo se divertiu mais que nunca, dançou rapper com os meninos maiores, fazendo acrobacias no chão, jogou futebol e correu sem parar.
A festa de 1 aninho da prima Sofia também estava linda, nesta o Dudu pode encontrar os primos, e reencontrar alguns parentes com os quais não mantemos muito contato. Como é de habitual em festas de crianças, tinha algodão doce, sorvete e brinquedos infláveis, não precisa nem falar que o Eduardo brincou sem parar, e só pra variar, comeu um monte de doces.
Eu e meu marido também saímos para encontros de comemoração de aniversário de 2 amigas minhas. Tinha muito tempo que eu e o Wagner não saíamos assim. Habitualmente jantamos fora e ficamos até mais tarde na rua, mas essas noitadas com música boa ao vivo, amigos para rir e falar besteiras, já fazia tempo...
Pra completar, descobrimos também um restaurante muito legal, aonde se reúnem muita gente bonita, geralmente é local de encontro para os jovens saírem para as baladas. Como o local não é dos mais baratos, não é qualquer tipo de pessoa que aparece por lá, deixando assim o local bem tranqüilo e com clima familiar. O mais legal desse lugar, é que podemos levar o Dudu, pois o local oferece uma brinquedoteca com monitores para os clientes, ai depois do jantar, deixamos o Eduardo na brinquedoteca, sentamos em uma mesa próxima e podemos ficar até mais tarde um pouco, conversando e rindo com os amigos. O lugar é tão agradável que já até voltamos só nós 3, e enquanto Dudu brincava, eu e papai conversarmos e tomávamos um coquetel de frutas sem álcool feito com sorvete que é simplesmente maravilhoso.




Às 18:17


0 Aqui também pode!




quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Ele é ótimo!!!

Cada dia tenho mais certeza que devo tomar mais cuidado com o que falo aqui em casa, pois o Dudu é um verdadeiro radar ambulante. Tudo que falamos Eduardo repete, e o que mais me surpreende, é que ele tem uma enorme capacidade de memória, e usa muita das nossas falas em momentos propícios. Essa semana, só pra variar, ele mais uma vez me surpreendeu. Sempre que recebo um elogio seja em casa ou no trabalho, repito a frase: “Gente eu sei que sou ótima!!!” – falo isso por brincadeira e é claro por uma ponta de alta estima elevada e de muita humildade, brincadeirinha! Muitas vezes repito essa frase aqui em casa, principalmente depois de receber elogios do maridão, o faço de forma tão natural que nem me dou conta mais. Mas essa semana, tive uma surpresa... eu estava ajudando o Dudu com o dever de casa e ele fez a tarefa bem direitinho, então eu disse: Nossa filho, que dever mais lindo! E ele me respondeu: - Mãe é que eu sou ótimo!!! Minha cara caiu no chão. Nem acreditei que estava ouvindo pela boca do meu filho minha frase da humildade. E isso não aconteceu uma vez só, pois para piorar, no mesmo dia ele aprendeu a manusear sozinho o seu leptop da turma do cocoricó e eu mais uma vez elogiei a sua destreza e inteligência, e adivinhem qual foi a resposta dele? - Mãe eu já não disse que eu sou ótimo! Pois é, tenho que repensar minhas falas, mesmo que sejam de brincadeira, já pensou o Eduardo falar uma dessas na escola? Pelo menos sei que alto estima não será um problema do meu filho e nem meu também hihihi.



Às 19:22


0 Aqui também pode!




domingo, 13 de setembro de 2009

Um time de pescadores

Tá nervoso? Vai pescar... hoje vivenciamos esse tão conhecido refrão de uma música popular... Temos uma rotina diária tão corrida e estressante, que com certeza, algumas horas em um lugar relaxante em convívio com a família e a natureza, nos dão o combustível necessário para a semana inteira.
Há muito tempo que eu e meu marido estávamos com vontade de passar um final de semana em um pesque-pague, espaço que nos últimos anos se popularizou bastante e acabou virando hobby de muitos. Tenho uma colega de trabalho cujo os pais possui um empreendimento destes, mas já combinamos várias vezes e nunca dá certo. Hoje, de última hora o irmão do meu marido nós ligou convidando para conhecer um pesque-pague, que fica de certa forma, até perto de onde moramos. Resolvemos aceitar o convite, até mesmo porque o Dudu é simplesmente apaixonado pelo primo Matheus, filho do irmão do Wagner, e algumas horas com o primo o deixaria muito feliz. Ao chegarmos, nos surpreendemos com a estrutura, pois mesmo percorrendo caminhos próximos, nunca imaginamos existir ali um local tão agradável, organizado e de ambiente tão familiar. Os homens formaram literalmente um “time” de pescadores, e passaram a tarde se aventurando na pesca esportiva. Eduardo e Matheus deveriam ser contratados pelo dono do pesque-pague, não como exemplo de pescadores, mas como limpadores oficiais do logo, pois pescaram todas as folhas possíveis. O papai como um bom cristão que é, passou a tarde toda alimentando os peixes que, acredito eu que sejam adestrados, pois comeram todas as iscas do papai e ainda se esquivavam do anzol. Já o Tio Willian, pra quem acredita em conversa de pescador, pode acreditar que foi ele mesmo que pescou o peixe da foto... Como pode? Um tanque cheio de peixes e terminarmos a manhã comprando um peixe para o almoço hihihihihi. Mas a destreza dos nossos pescadores, só serviu para tornar o nosso domingo mais animado, pelo menos podíamos rir da cara deles, enquanto a nossa barriga roncava de fome... Acabamos não ficando muito tempo, devido a um temporal que nos deixou mais molhados que os peixes do lago, e que serviram de justificativa para os grandes pescadores dizerem que a chuva forte espantava os peixes, affê!! Fica então uma sugestão de passeio em família, nos gostamos tanto que com certeza iremos repetir mais vezes.



Às 17:10


0 Aqui também pode!




sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Dia de Circo

No centro do picadeiro, o apresentador anuncia: “Respeitável público, com muito riso e alegria, o espetáculo vai começar...” E, diante do olhar atento da platéia, mágicos, palhaços, contorcionistas, dançarinos, malabaristas, trapezistas e muitos outros iniciam suas apresentações, é a emoção de prestigiar um espetáculo circense, que não foi diferente conosco. Hoje visitamos o circo do lendário Beto Carreiro, que está passando uma temporada aqui em Brasília. Fiquei surpresa com a capacidade que esse tipo de apresentação tão antiga tem de encantar a crianças e adultos. Durante a apresentação, recordei muito da minha infância, e pude observar o encantamento nos olhos do meu filho, que do colo da vovó assistia a tudo sem piscar os olhos. Foi super divertido esse momento em família. Dudu tirou foto com um dos palhaços, comeu muita pipoca e algodão doce, até mesmo eu e a tia do Dudu entramos na brincadeira do palhaço, que se orientando por um foco de luz, acabou sentando no nosso colo, Eduardo ria sem parar. Fico feliz em vez que hoje em dia, a grande maioria dos circos primam pela profissionalização de seus componentes, e não pela utilização de animais em suas apresentações, e que mesmo depois de décadas conseguem se reinventar, na concorrência com o cinema, o teatro, a televisão e outras formas de entretenimento.



Às 16:57


0 Aqui também pode!




segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Shopping com a família é tudo de bom !

“Seus filhos não precisam de gigantes, precisam de seres humanos. Não precisam de executivos, médicos, empresários, administradores de empresa, mas de você, do jeito que você é. Adquira o hábito de abrir seu coração para os filhos e deixá-los registrar uma imagem excelente de sua personalidade. Sabe o que acontecerá? Eles se apaixonarão por você. Terão prazer em procurá-los, em estar perto de você. Quer coisa mais gostosa do que isto?”
Augusto Cury





Às 11:17


0 Aqui também pode!




sábado, 5 de setembro de 2009

Vida Escolar


Dudu trouxe para casa o seu boletim e o portfólio com atividades escolares. Recebemos também um comunidado da escola informando-nos de uma reunião diferente, o mesmo dizia assim: “De acordo com orientações da Secretária da Educação e Saúde a escola em função do cuidado com o evitar aglomerações, fará sua Reunião de Pais em esquema especial. Esta semana os pais receberão o portfólio, atividades, avaliações e boletim dos alunos. O responsável que achar necessário conversar com os professores, terá plantão de atendimento nas salas de aula que seus filhos estudam. Lembramos aos pais que poderão utilizar o serviço on-line, acompanhando todo desenvolvimento das aulas e resultados pelo site...”Achei legal a estratégia da escola para o momento com os pais, temos que nos cuidar mesmo. No mais, ficamos super felizes com o boletim e as atividades do portfólio do nosso princípe, tivemos que escrever uma mensagem pra ele na pasta, então colocamos: “Filho, queremos que você saiba o quanto é importante para o papai e para a mamãe, o nosso amor por você é do tamanho do universo. Que você cresça sempre assim, inteligente, amoroso, feliz, essa criança adorável que encanta a todos. Temos muito orgulho de você, ficamos simplesmente maravilhados com as suas atividades do portfólio, pois através deste podemos constatar em cada página, em cada exercício, o quanto você vem se desenvolvendo e aprendendo a cada dia. Parabéns para você Dudu lindo e para a tia Danielle, que com seu carisma e profissionalismo conquistou a todos nós.” Com muito, muito amor: Papai Wagner e Mamãe Débora.



Às 00:06


0 Aqui também pode!




quinta-feira, 3 de setembro de 2009

A importância das brincadeiras na vida familiar

Mesmo com a vida corrida que levamos, estamos procurando reservar um tempo para brincar com o nosso Dudu. Nossa rotina ficou muito melhor depois que passamos a fazer tudo juntos, assim mesmo quando não estamos brincando, estamos juntos, colocando ele pra ajudar em pequenas tarefas.

A importância das brincadeiras na vida familiar
Um texto de Elisabeth Salgado
As crianças que brincam são mais espertas, mais seguras, mais confiantes, mais criativas e mais felizes. Por isso é muito importante lembrar como pode ser útil aos pais brincarem com seus filhos, mesmo que estes já não sejam mais bebês ou muito pequenos.
É comum observar, em meu trabalho clínico, que à medida que as crianças crescem, os pais se deixam absorver pela rotina do dia-a-dia, pelo corre-corre do trabalho e preocupações domésticas, passando a priorizar um interesse pelos estudos e pelas notas dos filhos.
Por outro lado, fruto destas mesmas causas, os pais por medo de que o filho tenha um tempo ocioso, enchem o dia-a-dia da criança com inúmeras atividades dirigidas que envolvem vários esportes, aulas de música ou dança etc.
Assim, os momentos de lazer compartilhado entre pais e filhos escasseiam cada vez mais, em prejuízo da elaboração de um espaço de intimidade e da construção de uma proximidade que trará frutos muito úteis para lidar com a adolescência, no futuro.
Brincando com seu filho, você terá uma chance de conhecê-lo melhor, de perceber seus sentimentos e pensamentos, ao saber sobre suas fantasias que expressam desejos e temores, muitas vezes não ditos, como ela vê o papel dos pais em sua vida, e de como ela está entendendo o mundo que a cerca.
Ao brincar, os pais devem se deixar levar pela criatividade dos filhos, pela imaginação dos mesmos, evitando corrigi-los em suas brincadeiras, caso não haja riscos físicos, para que não se iniba a sua espontaneidade.
Considerar brincadeira como "coisa de criança" só faz criar um muro entre as gerações, um muro do qual, na adolescência, os pais se queixarão e até temerão.
Brincando com os filhos, ao sentar no chão para empilhar cubos, desenhar, contar histórias, montar quebra-cabeças, pular amarelinha, jogar bolinha-de-gude, andar de bicicleta ou se fantasiar de super-herói num faz-de-conta, você também poderá resgatar comportamentos sadios como descontração, senso de humor e flexibilidade. Pense nisso!
Talvez você esteja pensando, "é fácil falar, mas como fica quando a gente não tem tempo ou está morto(a) de cansado(a)?"
Algumas idéias são dadas por Maria Irene Maluf:
* Peça à criança que brinque no chão ao seu lado, enquanto você descansa lendo uma revista ou vendo televisão
* Enquanto você cozinha, dê algum ingrediente para ela brincar de preparar uma comidinha.
* Se você tem trabalho para terminar, peça a seu filho que fique ao seu lado desenhando ou colorindo um livro.
* Assistam juntos a um vídeo.
* Sugira que a criança conte uma história ou leia um livro para você.
Os pais de hoje, em geral, têm uma vida muito mais agitada e isso não é para ser esquecido, entretanto os filhos pequenos esperam por essa atenção, porque a brincadeira é seu meio de "conversar", descobrir coisas, mostrar o que sabem e se sentirem valorizados pelo olhar e palavras paternas.
O importante é conversar com os filhos sobre este cansaço, que faz certamente com que haja dias em que não conseguem estar dispostos para brincar, tentando deixar claro que não têm a mesma energia que eles, que estão preocupados com algo, mas que isto nada tem a ver com estarem rejeitando ficar com eles.
Outra idéia é limitar o tempo da brincadeira: 15 minutos bem brincados, mesmo que apenas nos fins de semana, são melhores que uma manifestação de "não me incomode!" ou "me deixa!"



Às 23:35


0 Aqui também pode!




terça-feira, 1 de setembro de 2009

Consulta Mensal

Levamos o Dudu a mais uma das consultas mensais, fazemos questão de manter essa prática, para que o nosso pimpolho seja sempre muito bem acompanhado em cada fase do seu desenvolvimento por uma pediatra de nossa confiança. Graças a Deus, como sempre, foram só elogios para o Eduardo. Ele pra variar, conversou a consulta inteirinha respondendo a todas as perguntas da pediatra. Está com todas as vacinas em dia – até as pagas fizemos questão de dar, a próxima agora só com 5 anos, exceto é claro a da gripe que é anual. Está com um peso ótimo para a sua idade e com a altura maior que a média, isso significa que ele será um moreno alto, bonito e sensual – aiaiai já consigo até sentir uma ponta de “#$%¨&*” (prefiro não pronunciar), das garotas que irão se aproximar do meu Deus Grego e Filho Dudu. Será que sou ciumenta??? Com relação a gripe H1N1, a pediatra recomendou alguns cuidados, os quais muitos deles já estamos tomando, e sugeriu também uma mistura com sorine para aplicar antes e após a escola. Com relação ao prepúcio que recobre a glande, já está quase todo solto, mas mesmo assim a médica receitou uma pomada para soltar mais um pouquinho. No mais tudo ótimo, Eduardo já está naquela fase de imunização completa, adoece muito pouco, até os constantes resfriados viraram raridade.
Só estou chateada, pois está é a última consulta pelo plano de Saúde, isso mesmo, aqui no DF estamos vivendo uma crise, pois Pediatras de mais de 70 planos de saúde suspenderam o atendimento aqui em Brasília. Eles querem o reajuste do valor pago pelas consultas. Já está difícil conseguir atendimento para as crianças por aqui. Mais da metade dos pediatras do Distrito Federal que tinha contrato com planos de saúde, pediu o descredenciamento nos últimos dias. Eles deixaram de atender até agora pacientes de setenta e três empresas e querem o aumento do valor das consultas de R$ 24 para R$ 90. Eu enquanto cidadã, acho justa as reivindicações dos pediatras, mas enquanto mãe e por conseqüência usuária desse serviço, me vejo em uma saia justa, pois já não basta a gente pagar caro por um serviço que deveríamos ter de graça e com qualidade, e agora ainda temos que pagar consultas à parte? A pediatra do Dudu nos aconselhou que na próxima consulta solicitemos uma nota fiscal para pedir reembolso ao plano de saúde. Vamos com certeza fazer isso , mas daí ao Plano nos ressarcir, sei que já é uma outra história.
Até agora o Ministério Público Federal recebeu várias reclamações de usuários de planos de saúde- e a minha foi uma delas, mediantes isso, abriu uma investigação e defende que as empresas sejam punidas. Mas essa decisão depende da Agência Nacional de Saúde (ANS), que regula o setor. Segundo ANS, as operadoras têm que garantir assistência aos clientes e buscar alternativas de atendimento. A ANS recomendou que quem tiver problemas faça uma reclamação formal para a agência. O jeito agora é aguardar os próximos capítulos dessa novela...



Às 21:59


0 Aqui também pode!